Provérbios actualizados

-Quem ri por último...         ...é de compreensão lenta.
-Os últimos são sempre...      ...desclassificados.
-Quem o feio ama...            ...tem que ir ao oculista.
-Deitar cedo e cedo erguer...  ...dá muito sono!
-Filho de peixe...            ...é tão feio como o pai.
-Quem não arrisca...          ...não se lixa.
-O pior cego...                ...é o que não quer cão nem bengala.
-Quem dá aos pobres...          ...fica mais teso.
-Há males que vêm...            ...e ficam.
-Gato escaldado...              ...geralmente está morto.
-Mais vale tarde...            ...que muito mais tarde.
-Cada macaco...                ...com a sua macaca.
-Águas passadas...              ...já passaram.
-Depois da tempestade...        ...vem a gripe.
-Vale mais um pássaro na mão...    ... Que uma cagadela na cabeça.

Língua traiçoeira

A língua portuguesa é estupenda e presta-se a estas coisas:

Se o Mário Mata, a Florbela Espanca, o Jaime Gama e o Jorge Palma, o que é que a Rosa Lobato Faria?
E já agora: alguém acredita que a Zita Seabra todos os dias e seja para o António Peres Metello?

Velhinho sério


A Madame abre a porta do bordel e encontra um velhinho vestido com roupa modesta.
-"Diga?", pergunta ela.
-"Eu quero a Natália!", respondeu o velhinho.
-"Caro senhor, a Natália é uma de nossas "meninas" mais caras. Talvez eu lhe
possa apresentar alguma outra..."
-"Não, eu quero a Natália!", insiste o velhinho.
Então a Natália aparece, um espectáculo de mulher, em salto alto, corpete, meias e cinto de ligas e diz ao velhinho que o preço é de 500 euros por visita.
O velhote nem pisca e, tirando o dinheiro da carteira, diz que “tudo bem”.
Então ela leva-o para o quarto onde ele passa uma hora inesquecível, com sexo louco como nunca tinha tido.
Na noite seguinte, o velhinho aparece novamente e chama pela Natália.
Ela estranha, diz que nenhum cliente dela veio duas noites seguidas e que ela não faria nenhum desconto pela fidelidade.
O velhinho tira mais 5 notas de 100 euros e entrega à rapariga, que o leva para o quarto onde a sessão se repete, ainda melhor que no dia anterior.
Na noite seguinte, ninguém acredita: mais uma vez o velhote entrega o dinheiro à moça, e tornam a ir para o quarto.
Depois da hora que passaram juntos, Natália não resiste e pergunta ao velhinho:
-"Ninguém usou os meus serviços três noites seguidas porque sou a melhor da casa e levo muito caro.
-De onde é o Senhor?"
-"Sou de Cuba, no Alentejo!", responde o velhinho.
-"Sério? Eu tenho uma irmã que mora em Cuba!"
-"Eu sei, foi ela que me pediu para lhe entregar os 1500 euros."

Conversa armadilhada

Dois carros chocaram de forma violenta. Num deles seguia um homem e no outro uma mulher. A custo, cada um rastejou para fora do seu carro e pôde verificar com espanto que se encontrava miraculosamente ileso. A mulher foi a primeira a recompor-se. Ajeitou o cabelo e, olhando para o monte de chapas amolgadas donde ambos haviam saído, exclamou:
- Apesar dos nossos carros terem ficado destruídos escapámos sem um arranhão. Sorte... ou então um sinal divino: Deus quis que nos conhecêssemos nestas circunstâncias infelizes. Muito prazer. O meu nome é Miriam.
- Sim, concordo. Foi um milagre - retorquiu o homem, meio surpreendido. Chamo-me António. Muito prazer em conhecê-la também.
- Oh, parece impossível! - continuou a mulher. O meu carro está completamente destruído mas a garrafa de vinho que eu tinha comprado está intacta. É outro milagre! Deus quer que celebremos o nosso encontro...
- Sim, vamos celebrar! responde o homem com entusiasmo. Pegou na garrafa que ela lhe estendeu, tirou a rolha e bebeu um longo trago. De seguida devolveu-a à sua dona que, calmamente, a voltou a rolhar sem beber.
- Então? Não bebe também? - perguntou ele.
- Não. - disse ela. Vou esperar que chegue a Polícia...

As duas irmãs

Ao tomarem banho juntas como habitualmente a irmã mais nova, com 7 anos, repara no primeiro pêlo púbico da mais velha, que já tem 9, e questiona:
- Olha mana! O que é isto que tens aqui???
- É um pêlo...
- E não te incomoda quando fod.s?

Sapatos novos...

O Chico comprou um par de sapatos novos e chega a casa:
- Maria o que achas?
- Acho de quê?
- Não notas nada de diferente?
- Não…
O Chico vai à casa de banho, tira a roupa toda e volta apenas com os sapatos
novos calçados.
- E agora? Já notas alguma coisa diferente?
- Não, o “coiso” continua pendurado para baixo, assim como estava
ontem e como estará amanhã!
- E não és capaz de adivinhar porque está para baixo?
- Porquê?
- Porque ele está a olhar para os meus sapatos novos!
- Hum… podias ter comprado um chapéu.

Também há homens loiros

Zé era loiro, estúpido e muito tímido, mas arranjou uma namorada num
dia de inspiração.
Um dia, saíram de carro para um passeio pela Costa da Caparica.

Depois de andarem alguns km, o Zé ganhou coragem e pôs a mão nas pernas dela.

E ela disse: se quiseres, podes ir mais longe...

Animado, Zé engatou a quinta e foi até ao Algarve...

Frases de engate à portuguesa

  • Diz-me quem é a tua ginecologista para eu lhe chupar o dedo.
  • Com esse cú, estás convidada a cagar na minha casa.
  • Estás tão boa que te comia com roupa e tudo, mesmo que ficasse um mês a cagar trapos.
  • Com um cú tão bom deves cagar bombons.
  • Só não tenho pêlos na lingua porque tu não queres.
  • Tens uns olhos que, que,... que te comia a cona toda!

Peito ou Tomates?

Todos ouvimos falar em alguém ter Peito ou ter Tomates, mas sabem REALMENTE a diferença entre ambos?

PEITO – É chegar a casa tarde, após uma farra com os amigos, ser recebido pela mulher com uma vassoura na mão, e ter peito para perguntar:
"Ainda estás a limpar a casa, ou vais voar?"

TOMATES – É chegar tarde a casa, após uma farra com os amigos, a cheirar a perfume e cerveja, baton no colarinho, e ter  tomates
  para dar uma palmada no rabo da mulher e dizer:
"Tu és a próxima, gorducha!!!"

Cúmulo da impotência

É não ter sequer força no dedo para empurrar a língua...

A cortadora de pickles

Um sujeito trabalhava há anos numa fábrica de conservas e, um dia, confessou à mulher que estava possuído por um terrível desejo: a vontade incontrolável de meter o pénis na cortadora de pickles.
Espantada, a mulher sugeriu que ele procurasse um psicólogo, e o marido prometeu que iria pensar no assunto.
O tempo foi passando, até que um certo dia, ele chegou a casa cabisbaixo, profundamente abatido:
- O que aconteceu amor?
- Lembras-te do meu desejo de enfiar o pénis na cortadora de pickles?
- Oh não! - gritou a mulher – Fizeste isso?!?
- Sim fiz!
- Meu Deus, e depois?
- Fui despedido...
- Mas, e... e.... e... a cortadora de pickles...?
- Aahh, a Manuela?! Também foi!

Comida


Quando o pai de manhã ouviu a filha vomitar, ficou preocupado e perguntou à mulher:
- Foi comida?
- Foi, mas vai casar...

No ginecologista

Uma senhora vai ao ginecologista e, após observar, este diz-lhe:
- Ai minha senhora... que grande inflamação que tem no seu clitóris! Parece a tampa de uma caneta BIC.
- Não me diga doutor que está azul!?
- Não minha senhora. Está roído!!!

Mulheres e Automóveis

Uma Mulher entra no stand onde comprara o seu carro para dizer que que ficara sem a tampa 710.
O vendedor ficou surpreso ao ve-la perguntar por uma tampa 710 que ele desconhecia.
Chamou o mecânico e perguntou-lhe. Mas nada, esse ainda ficou mais desconcertado por não conhecer a tampa 710.
A mulher insistiu e disse que era uma parte do motor de seu carro e que havia desaparecido de uma maneira misteriosa. Exigiu uma nova tampa 710.
Tendo em vista que ninguem conhecia e nem sabia nada sobre a tampa 710, o vendedor perguntou a ela se podía desenhar esta tampa 710.
A mulher pegou então num pedaço de papel e numa caneta, e desenhou um círculo com uns 8 cm de diâmetro e escreveu no centro o número 710...

Impostos

O empresário chega a casa, vira-se para a mulher e diz:
Querida, recebi uma intimação das finanças a respeito do atraso da entrega da declaração do IRS! Achas que devo comparecer na repartição de jeans ou de fato e gravata?
Bem, querido... Digo-te a mesma coisa que a minha mãe me disse quando lhe perguntei se, na noite das nossas núpcias, eu devia
usar uma cuequinha de rendas ou uma cuequinha de seda!
E o que foi que a tua mãe te disse?
Tanto faz. Ele vai-te f….. na mesma!

O BALDE

Um velho fazendeiro tinha um bonito lago na sua enorme fazenda. Depois de muito tempo sem ir ao local, decidiu dar uma olhada geral para ver se estava tudo em ordem.
Pegou num balde para aproveitar o passeio e trazer umas frutas existentes no caminho. Ao aproximar-se do lago, escutou vozes femininas, animadas, divertindo-se.
Chegando mais perto, avistou um grupo de jovens mulheres banhando-se, completamente nuas. Ele fez-se presente e, com isso, todas fugiram para a parte mais funda do lago, mantendo somente a cabeça fora d'água.
Uma das mulheres gritou:
-Não sairemos enquanto o senhor não for para bem longe!
O velho respondeu:
-Eu não vim até aqui para as ver a nadar ou a sairem nuas do lago!
Levantando o balde, ele disse:
-Eu só vim dar comida ao jacaré...

Piscina mágica

Durante uma festa de arromba, com a nata dos políticos e diplomatas presentes no país, o milionário anfitrião, já meio tocado, fez-se ouvir para anunciar:
- Eu queria dizer uma coisa... a minha piscina é mágica!!!
Todos, pensando que era delírio do dono da casa, começaram a rir.
Nisto, o dono da casa começa a correr, dá um pulo para a piscina e grita:
- CERVEJA!!!
A água muda para cerveja, o tipo vai nadando, vai bebendo e, ao sair do outro lado, a piscina volta ao normal.
Um consul italiano, estupefacto com o que estava a presenciar, corre também, dá um salto e grita :
- VINHO!!!
E a água transforma-se em vinho. Ele nada, sai do outro lado e, novamente, a piscina volta ao normal.
Um adido francês vai, dá um pulo para dentro da piscina e grita:
- CHAMPAGNE!!!
E a água muda para champanhe. Quando sai do outro lado a piscina volta ao normal.
José Sócrates, vibrando de emoção com o que está a acontecer no seu Portugal, corre também para a piscina.
Quando já vai no ar, o Manuel Pinho diz-lhe:
- Zé, tens o telemóvel e a carteira no bolso!!!
E ele grita:
- MMMEEERRRDDDAAAA!!!!!!!!!!